sábado, 20 de dezembro de 2014

A PROVA CONCRETA QUE JOSÉ DIRCEU FOI CONDENADO SEM PROVAS - in dubio pro réu?


=======
CONDENADO S/PROVAS P/ CRIME Q Ñ EXISTIU!
Lewandowski não vê prova de compra de votos e absolve Dirceu.
https://youtu.be/DkxxJh77wJ4


NON SENSE: DIRCEU FOI CONDENADO SEM PROVAS POR UM CRIME QUE NÃO EXISTIU!

Seria um completo absurdo condenar alguém de assassinato sem existir um cadáver que comprovasse o assassinato. 

Mas, dependendo das evidências, da existência de "testemunha" ocular, da riqueza dos detalhes e da confiabilidade do informante, talvez, a justiça pudesse processar, julgar e condenar um réu assim.

Coisa bem diferente, porém,  é quando além de não existir a prova material (o cadáver ) - inexiste o "porquê" morreu, "quando", "como" e nem mesmo se sabe "quem" morreu! Sem saber sequer o "nome" da vítima!

Aí, condenar um réu assim, por um crime que não existiu e absolutamente sem nenhuma prova - nem de autoria e nem da existência desse "crime" - sem também os "nomes" dos envolvidos, considerados cúmplices...

Isso é "surreal", verdadeiramente inadmissível, em qualquer lugar do planeta, do mundo, do universo. Pois aconteceu aqui no Brasil!

A PROVA CONCRETA QUE JOSÉ DIRCEU FOI CONDENADO SEM PROVAS, FOI O USO DA "TEORIA DO DOMINIO DE FATO" SE HOUVESSE PROVAS NÃO SERIA NECESSÁRIO TAL TEORIA!


"Domínio do fato" e “in dubio pro reo” são excludentes?
Sim, são teses contrárias, a 1ª diz que indícios e o panorama pode definir a culpa, a 2ª diz o contrário: em caso de dúvida decidir em favor do réu.

"Não há possibilidade de convivência. Se eu tiver a prova material do crime, eu não preciso da teoria do domínio do fato [para condenar]."
Do ponto de vista jurídico, eu não aceito a teoria do domínio do fato. 
A teoria que sempre prevaleceu no Supremo foi a do...
"na dúvida pró-réu"  
Ives Gandra (advogado tributarista, professor, escritor e jurista brasileiro)

Ives Gandra - NÃO engoliu a tese do Gurgel e de Joaquim Barbosa e afirma: 

Dirceu foi condenado sem provas!

===================================
===========================
Agora analisemos uma outra questão, que consegue ser ainda pior que a condenação sem provas (nem da autoria - nem do crime): A  Participação na Culpa!

Segundo os inventores do mensalão, o esquema era o seguinte:
Pegava-se dinheiro de Sobra de Campanha e também desviava-se dinheiro do Banco do Brasil e com esse "Caixa 2" comprava-se votos na Câmara e Senado dos partidos de oposição: DEM e PSDB.  Ou seja, segundo o STF, o PT comprava o DEM / PSDB (e outros partidos) que se vendiam por uma mesada, chamada de "mensalão".

Para "lavar esse dinheiro" eram usados uma Agencia de Publicidade (DNA) que fingia que fazia as Campanhas e a TV Globo que fingia que mostrava os comerciais na sua programação.  Esses agentes eram a "lavanderia" do dito "esquema".  E o líder do PT que - segundo eles - comandava tudo: JOSÉ DIRCEU!

SE O MENSALÃO FOSSE PROVADO COMO UM ESQUEMA VERDADEIRO QUE DE FATO TIVESSE FUNCIONADO, TODOS DEVERIAM SER CONDENADOS E PRESOS!
TODOS? QUEM???

DIRCEU - DNA - GLOBO - PARALAMENTARES DO PSDB E DO DEM, É LÓGICO!

E TODO DINHEIRO "ROUBADO" DO BANCO DO BRASIL
TINHA QUE SER DEVOLVIDO!!!!!!!

Só que nada disso aconteceu!
-------------------------------------------------------------------------------------------------
O que vou contar abaixo também NÃO ACONTECEU!
É só para exemplificar, uma estorinha (fictícia):

Era uma vez 
uma Copa do Mundo, e um tal de Felipão montou um "esquema" em que o desfecho seria a derrota do Brasil para Alemanha por 7x1.

Vamos dizer que Felipão tenha conversado com a FIFA, e chegado a conclusão de que seria "uma boa" que o Brasil perdesse o jogo e também a Copa do Mundo.  Seria bom para o Futebol, para a Copa, para os Negócios e também para as Eleições...

Daí combinou vender o jogo, recebeu o dinheiro dos times vencedores, das Redes de Tv transmissoras, das Empresas de Artigos Esportivos, dos Patrocinadores, etc

Os jogadores então perderam o jogo, mas teve um que veio a público e contou toda a história, digamos o Neymar que estava arrependido.

Agora imagine que a Justiça Esportiva Mundial, apure todo o caso e condene apenas duas pessoas:
FELIPÃO E NEYMAR.  Um por ser o autor do "esquema" e o outro porque denunciou.

Nesse caso, fica a dúvida:
Ou os dois foram injustiçados, ou o "esquema" nunca existiu!

By Mico-Leão-Dourado
//Luiz Carlos Tollstadius

==============================================


Entenda porque se diz que o "mensalão" não existiu- [clique aqui]


PERGUNTA:
Quero ver agora que o BB quer os 74 milhões de volta e, se no final, comprovar, como já foi dito na primeira auditoria, que esse dinheiro não saiu do BB. Como é que vão ficar esses ministros do STF ? e os dois PGR’s anteriores ao atual ? 
Quem vai pagar a lama q foi jogada em cima dos condenados ?
RESPOSTA:
Ricardo Berzoini , ex funcionário do BB, disse que houve manipulação no Julgamento do Mensalão, e defendeu a inocência do Pizzolato, já que nas 2 auditorias feitas nas operações (VISA NET) concluiu-se que todas as operações foram corretas e sem desvios. Duas auditorias foram feitas no BB e VISA NET e nem 1 centavo foi subtraído.

O dinheiro que foi tido como "desviado" foi efetivamente usado para pagar várias mídias, grande parte, quase 70 % foi para as vinculadas da GLOBO. 
Se não fosse assim, o BB e VISA [com ações em Bolsa de Valores], teriam sido obrigados a impetrar uma ação para pedir ressarcimento dos valores "subtraídos". 
Mas as pericias e as auditorias provam o contrário,  documentos já estão no STF...AGUARDEM

 Hoje, em tempos de internet, as verdades desconhecidas do grande público não estão apenas nas gavetas da Rede Globo, como acontecia na ditadura, para serem publicadas somente quando os interesses empresariais de seus donos não fossem afetados. As verdades sobre o mensalão já estão escancaradas e estão sendo disseminadas nas redes sociais.

A Globo, o STF e Joaquim Barbosa têm um encontro marcado com essas verdades. 
E a emissora já sinaliza que, se ela noticiou coisas "erradas".

A culpa será atribuída aos "erros" de Joaquim Barbosa e do então procurador-geral da República, Roberto Gurgel.
=================================================================================

Na Itália, mulher de Pizzolato confirma que a Globo recebeu dinheiro do mensalão

http://folhacentrosul.com.br/brasil/3559/na-italia-mulher-de-pizzolato-confirma-que-a-globo-recebeu-dinheiro-do-mensalao


http://www.ocafezinho.com/2014/10/31/a-integra-da-defesa-de-pizzolato/

O Banco do Brasil e Visanet nunca reclamaram qualquer “desvio” de dinheiro. Estas empresas afirmam que todo o dinheiro, considerado “desviado” pela acusação, foi, de fato, utilizado na confecção de campanhas publicitárias. 
Provas que inocentam Pizzolato foram desconsideradas pela Corte Suprema, documentos foram ocultados em procedimentos paralelos aos quais foram negados acesso e conhecimento à defesa com argumentos enganosos.

Ocultação de documentos fez justiça italiana soltar Pizzolato

"3.1.2.1.3 - DOS PAGAMENTOS ÀS EMPRESAS INDICADAS NA TABELA DE CONTROLE GERENCIAL ELABORADA PELA DNA PROPAGANDA LTDA EM 2003.

Com o objetivo de analisar se as empresas relacionadas na planilha de controle de fato forneceram bens e serviços vinculados a ações de marketing para incentivar a aquisição e uso dos cartões com a bandeira VISA, objeto necessário de qualquer repasse realizado pelo FUNDO DE INCENTIVO VISANET, foram realizadas diligências para a obtenção dos documentos de suporte dos respectivos pagamentos, tais como contratos, notas fiscais, registros contábeis, dentre outros, cujos resultados serão a seguir apresentados:

1) TV GLOBO: para o pagamento recebido pela empresa foi emitida a nota fiscal-fatura nº 2003067681.0, datada de 16/08/2003, com valor faturado de R$ 3.600.000,00 desconto de agência de R$ 720.000,00 e valor final de R$ 2.880.000,00. A nota emitida pela empresa de comunicação destaca-se por sua natureza fiscal de adiantamento, "PUBLICIDADE FUTURA", isto é, a nota por si só não traz qualquer prestação de serviços, como também não há elementos que vinculem os valores adiantados ao FUNDO DE INCENTIVO VISANET.
Foram solicitadas à GLOBO COMUNICAÇÕES E PARTICIPAÇÕES S/A, através do ofício nº 533/2010 - DFIN/DCOR/DPF, informações a respeito do pagamento realizado pela DNA PROPAGANDA LTDA no valor de R$ 2.880.000,00 tais como contratos, notas fiscais, registros contábeis e dentre considerados necessários. Analisando-se a documentação enviada pela empresa de comunicação, comprovou-se apenas que o valor foi recebido e contabilizado pala empresa e que o pagamento se refere a "veiculação de publicidade do BANCO DO BRASIL". Entretanto, os documentos de suporte da operação não fazem qualquer menção a ações de divulgação do CARTÃO VISA, sendo que também não foi apresentado qualquer documento que comprove a efetiva veiculação de publicidade."


===============================================================  
===========================

======================================================

ASSISTA VÍDEO

2 comentários:

Oscar Pereira de Barros disse...

ESTAMOS TODOS DE ACORDO COM OS FATOS APRESENTADOS. ESTAMOS CERTOS DE QUE FOI UM JOGO POLÍTICO E, JULGAMENTO MEDIEVAL. POR OUTRO LADO NÃO HÁ COMO SE CALAR. ONDE ESTAVA A O.A.B. E TODOS OS ADVOGADOS DOS RÉUS. NÃO TINHAM COMO PROTESTAR, SERA QUE NÃO SE EQUIVOCARAM QUANDO DO COMEÇO DA AÇÃO. IMAGINANDO QUE CALAR-SE QUANTOS AOS RÉUS SEM DIREITO A FORO PRIVILEGIADO SERIA "BOM NEGÓCIO". SERÁ QUE NÃO CONTAVAM COM POSTERGAÇÃO DO PROCESSO NO SUPREMO. IMAGINARIAM UM JOAQUIM BARBOSA, A EXEMPLO DE OUTROS JUÍZES, PEDIR VISTAS AO PROCESSO E NÃO MAIS DEVOLVE-LO PARA JULGAMENTO....SERIA DE BOM TOM E DEMOCRÁTICO, REVER A CONDUTA DOS ADVOGADOS E DA PRÓPRIA O.A.B.. SE TUDO ESTA PERDIDO, DE MÃOS DADAS CERQUEM O S.T.F. ATÉ QUE HAJA JUSTIÇA.. SAUDAÇÕES - OSCAR PEREIRA DE BARROS..

MGP disse...

e aí? fica tudo por isso mesmo e o Zé Dirceu pagando a pena pelo que não fez?