domingo, 2 de abril de 2017

Pimenta no Foro dos Outros é Refresco!

Fim do Foro Privilegiado, Pena de Morte, Redução da Maioridade...
NÃO RESOLVEM OS PROBLEMAS NACIONAIS
E EMPODERAM UM JUDICIÁRIO IRRESPONSÁVEL

Não é possível discutir nenhuma mudança drástica na legislação sem levar em conta os aplicadores da lei, ou seja, todo o aparato do judiciário (diretos e indiretos).  Será que esse atual Judiciário que está tão corrompido quanto os demais poderes está capacitado a ter instrumentos mais poderosos do que já tem.  Será que não seria o mesmo que colocar uma criança na direção de um automóvel??


Considero que seja necessário, antes de se pensar em qualquer medida que empodere o judiciário, fazer a Reforma do Judiciário e antes disso uma CPI, visando a instruir os parlamentares sobre as práticas estarrecedoras que vem ocorrendo no âmbito do Judiciário.
  
Se parece evidente que é necessário a criação de um tribunal específico que julgue os processos dos políticos do executivo e legislativo que hoje se acumulam no STF;  não está demonstrado, de maneira convincente, que isso justifica de alguma forma: a extinção do "foro privilegiado".  

Mas se os magistrados consideram que o "foro privilegiado" é de fato um privilégio e que todos privilégios devem ser extinguidos (extintos)...

TENHO UMA SUGESTÃO, OU MELHOR DUAS:

Que os membros do Judiciário apresentem um projeto onde eles abram mão do seu próprio "foro privilegiado" e também de todos seus outros privilégios, tais quais seus super-salários, auxilio-moradia e os muitos outros existentes.  

Será que eles tem coragem, ou só querem o fim das garantias e benefícios dos outros, que eles chamam de PRIVILÉGIO.

É como dizem por aí: 


Websérie “O Filho dos Outros” discute redução da maioridade penal


http://ponte.cartacapital.com.br/serie-o-filho-dos-outros-discute-reducao-da-maioridade-penal/


























https://micoleaodourado.blogspot.com.br/2016/09/concurseiros-x-lula-quem-e-e-quem-nao-e.html

Nenhum comentário: